Sobre auto perdão e não merecimento.

11900006_1053016021375733_3653413752410000801_n

Semana passada tivemos um princípio de incêndio na cozinha. Fora a limpeza que foi pesada, não tivemos dano nenhum.

Meus vizinhos ajudaram, realmente as labaredas alcançaram o teto, tudo ficou escuro. Fiquei super assustada, coloquei o meu filho na garagem, procurava os gatos e pedia socorro.

Por que? Por falta de atenção, cansaço ou incompetência. Rotulem como quiser. Liguei a boca errada, ao invés de cozinhar os alimentos, foi a chama de uma panela com óleo que acendeu. Eu não conferi, precisava trocar meu filho urgente.

Quando falamos de bebê tudo é urgente e lá vamos nós fazer tudo e salvar o mundo. Deu no que deu.

Limpeza feita, tudo resolvido me restou uma sensação aterradora de culpa que eu não sentia há muito tempo.

Não me achava merecedora de sair, mesmo estando super cansada. Me senti grata, pois apesar de ter jogado três baldes de água para apagar o fogo a panela não explodiu. Não sofri queimaduras e nem fiquei cega. Estava inteira e totalmente culpada.

Esse sentimento me auxiliou nesse processo todo? Não, nem um pouco. Me colocava cada vez mais para baixo. Podia, ter evitado, podia isso, podia aquilo. Mas aconteceu. Acontece. Pessoas falham.

É uma situação que não estamos preparados, mas fatalidades causadas por erro nosso podem ocorrer. Podemos nos envolver em acidentes graves quando pegamos o carro para comprar pão. Podemos morrer afogados, podemos magoar nosso colega. Em algum momento de extrema pressão e desespero podemos ser antiéticos conscientemente. E nos arrepender depois.

Penso nos profissionais de saúde que após anos de prática equivocadas reveram seus conceitos e seu modo de trabalhar.

Quantas episiotomias? Quantas manobras inadequadas? Quantas condutas feitas num passado recente, abolidas no presente?

E como conviver com a culpa? Como lembrar de tantas mulheres cortadas e suturadas sem a menor necessidade?

É ai que entra o auto perdão, o que é mais difícil para nós. Perdoar já é difícil, quando o perdão é direcionado a nós parece praticamente impossível de ser concedido.

E precisamos nos perdoar diariamente. A ausência desse auto perdão nos faz acumular peso, culpa e isso bloqueia e inviabiliza nosso progresso espiritual. Nunca estaremos satisfeitos com nossas conquistas. Nunca nos acharemos merecedores dos frutos bons que iremos colher.

Viveremos nos sabotando, alguma vez de forma clara e indireta e outras vezes de forma indireta como uma auto punição ad eternum. São aqueles comportamentos nocivos, excessivos que acabam por drenar toda a nossa luminosidade divina.

Para se auto perdoar diga:

Eu me perdoo. Eu errei e me arrependo. Somos humanos falhos, aprendi com minha falha, eu me perdoo. Estou na Terra para evoluir, para aprender com os ensinamentos superiores.

Que todo o sentimento de culpa se transforme em gratidão. Que todo o egoísmo, rancor e ódio sejam eliminados.

Eu me amo. Eu sou filha da luz. Eu mereço meu perdão.

Não me sentirei culpada, me arrependo e usarei todo este sentimento a favor e para o bem.

Amém.

Tudo acontece por algum  motivo, para nos despertar. Até mesmo nossas falhas e sem o auto perdão é impossível viver de maneira leve e pacífica.

 Dica de filme:

A Outra Terra – (2011)

Filme belíssimo que trata sobre este tema. É uma ficção científica existencialista onde a personagem principal com 16 anos se envolve num acidente que vitima a família toda de um professor. Sua esposa grávida e filha pequena.

Ela não estava alcoolizada, estava olhando para o céu, distraída. Foi presa e a vida do professor afundou. Vivia numa casa suja, solitário.

Ela saiu da cadeia, ele não conhecia a identidade da causadora do acidente. Bateu em sua casa e não teve coragem de falar. Se ofereceu para limpar sua casa. Fazia as limpezas sistematicamente, como se daquela forma pudesse expiar seu erro.

Com o passar do tempo eles se envolveram e ai…Vejam o filme. É lindo, denso e nos leva a reflexões profundas.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s